AddThis Social Bookmark Button

Coluna do Leitor

Alguns vencedores

Todos os grandes homens foram grandes por não se colocarem como vítimas, desiludidos e desanimados.

Beethoven segurava o violino desajeitadamente e preferia tocar suas próprias composições ao invés de aperfeiçoar sua técnica.

Seu professor julgava-o um compositor sem futuro.

Os pais do famoso cantor de ópera Enrico Caruso queriam que ele fosse engenheiro. Seu professor lhe disse que ele não tinha voz e não poderia cantar.

Charles Darwin, pai da Teoria da Evolução, abandonou a carreira médica e ouviu de seu pai: "Você não se importa com nada além de cães, caçar ratos e atirar".

Em sua autobiografia, Darwin escreveu: "Fui considerado, por todos os meus mestres e por meu pai, um garoto muito comum, bem abaixo do padrão intelectual normal".

Walt Disney foi despedido pelo editor de um jornal por falta de idéias.

Ele também faliu várias vezes antes de construir a Disneylândia.

Os professores de Thomas Edison disseram que ele era burro demais para aprender alguma coisa.

Albert Einstein não falou antes dos quatro anos e não leu antes dos sete.

Seu professor o descreveu como "mentalmente lento, insociável e eternamente mergulhado em seus sonhos imbecis".

Foi expulso e sua admissão na Escola Politécnica de Zurich foi recusada.

Louis Pasteur foi apenas um aluno medíocre nos estudos de primeiro grau; ficou em 15º lugar entre 22 alunos de química.

O pai do escultor Rodin disse: "Tenho um filho idiota".

Descrito como o pior aluno da escola, Rodin foi reprovado três vezes no exame de admissão da escola de artes.

Seu tio chamava-o de "ineducável".

Após o primeiro teste cinematográfico de Fred Astaire, o grande bailarino, o memorando do diretor de teste da MGM, dizia: "Não sabe representar! Ligeiramente calvo! Dança um pouco!"

Astaire conservou esse memorando pendurado sobre a lareira em sua casa de Beverly Hills.

Henry Ford fracassou e faliu cinco vezes antes de ser finalmente bem-sucedido.

Winston Churchill repetiu a 6ª série. Só foi primeiro-ministro da Inglaterra aos 62 anos e, mesmo assim, depois de uma eternidade de derrotas e retrocessos.

 

Home      Capa

  • leiamais
AddThis Social Bookmark Button

Expediente

Revista Paradigmas

Filosofia, Realidade & Arte

Ano XII - n. 39

ISSN 1980 - 4342

Julho/Agosto – 2012

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

 

Espaço-Poesia

 

Título: A casa do Poeta

 

 Algum lugar, presente lugar, lugar do paraíso

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

A viagem suicida pós-moderna

A solidão como saída

Mateus Ramos Cardoso

Especialista em Ética pela Finon

                  Nosso modo de viver moderno é caracterizado pelo desenvolvimento cada vez mais rápido no qual a tecnologia a cada dia supera a si mesma. 

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Filosofia com Pipoca

Pau que nasce torto se endireita

 Edson Pipoca

Por que um pensador de esquerda dá pra trás?! Bem, há a derrocada do comunismo... não, não! Parece-me algo mais palpável, sabe?! Matéria pura! Eu por exemplo tive um amigo que era o tipo de esquerda de carteirinha, quer dizer, sem carteira, já que não tinha dinheiro pra nada. Um duro!

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

AS CONCEPÇÕES EDUCACIONAIS EM VYGOTSKY E FOUCAULT

PAULO DIAS GOMES

Filósofo, Teológo, Doutor em Ciências da Religião e Especialista em Docência do Ensino Superior e em Educação à Distância.

Professor titular da Cadeira de Fenomenologia e Existencialismo, Lógica e Metafísica da Faculdade Phênix de Ciências Humanas e Sociais do Brasil

 

Lev Semionovitch Vygotsky Nasceu em 17 de Novembro de 1896 na cidade Orsha – Moscou. Pensador importante, foi pioneiro na noção de que o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais (e condições de vida).

Leia mais...