Georges Canguilhem – o centenário de nascimento do “médico-filósofo” francês

“Trabalho, segundo a etimologia, é tormento e tortura.Tortura é sofrimento executado para obter revelação. As doenças são os instrumentos da vida pelas quais o vivente  (vivant) —  desde que se trate do homem – sente obrigado a confessar-se mortal”.

AddThis Social Bookmark Button
Leia mais...

O realismo exemplarista:Uma breve análise da questão 46 do livro sobre oitenta e três questões diversas de Sto. Agostinho

Adriano Soler
Mestrando em Filosofia - PUCSP


O aristotelismo tenta definir a essência de uma coisa e assim, demonstrar quais características que determinada coisa deve ter de acordo com a sua natureza. Assim, surgem os aristotélicos com uma questão por demais complexa, que seria: O que é uma natureza, se ela é uma realidade superior e acima das coisas cuja natureza ela é? Ou ainda, se ela é uma construção mental que existe apenas em nosso entendimento das coisas e se assim for, em qual base ela é construída? Desta forma, se inicia o problema dos universais na filosofia medieval.

AddThis Social Bookmark Button
Leia mais...

O papel da retórica no jogo dialógico:

A reabilitação teórica da arte da persuasão segundo Gadamer[1]

 Adriano Picoli

Bacharel, licenciado

mestre e doutorando em Filosofia pela UFSC.

             Se há uma arte que temos que destacar por suas muitas alternâncias entre momentos de consideração e desconsideração desde o mundo grego até hoje esta é a da retórica.

AddThis Social Bookmark Button
Leia mais...

Analfabetismo Funcional

“Só a educação liberta.”

(Epicteto)

 O índice de reprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil, realizado recentemente em São Paulo, atingiu a impressionante marca de 93%.

AddThis Social Bookmark Button
Leia mais...

A coisa e a obra em Martin Heidegger

Percebemos, com inteligibilidade, que a arte está perdendo sua legitimidade e sua essência, hodiernamente, em detrimento de um subjetivismo atroz e sem consisistencia. Alem desta problemática contemporânea, outra se impõe: o caráter do fazer artístico tende a diluir-se enquanto encontrar-se preso a conceitos totalitários e, principalmente ao niilismo da técnica que veementemente esta realizando uma dissipação do ente.

AddThis Social Bookmark Button
Leia mais...

AddThis Social Bookmark Button
  • leiamais