AddThis Social Bookmark Button

Espaço-poesia

 

 

Insensibilidade

 

Teus olhos gelados

parados na dor,

ao vento perdidos,

são vidros quebrados

já tão esquecidos.

São versos falidos

nos sonhos de amor.

 

 

Teus lábios de pedra

à luz do luar

são sonhos feridos,

frieza que medra

dos ferros fundidos,

nos beijos contidos

com gosto de mar.

 

 

Deise Domingues Giannini

 

 

 Home      Capa

Ofertas