Espaço-Poesia

coerência da vontade

às vezes sim, às vezes não

chega ou se vai, sem

permissão

estimulando o

pensamento

causando o sentimento

do cérebro ou coração

tendo ou não razão

entra pela porta da

frente

sendo ou não coerente

isso é estar vivo

ser sensitivo

o nascer da vontade

nem sempre tem

cumplicidade

vem a qualquer momento

dependendo do

firmamento

ele tem segmento

ou cai em esquecimento

sendo uma realidade

aquarelada

ou completamente

desmazelada

vem com ou sem

coerência relatando toda sua

imanência

 

Robson Peres

AddThis Social Bookmark Button
  • leiamais