AddThis Social Bookmark Button

Fábulas & Paradigmas

O Espelho Infeliz

Um espelho disse a uma mulher que nele se olhava:

- Ai! estou cansado de mostrar rostos alheios. E o meu? Qual é ele, afinal?

- Espelho, não é teu destino ver-te - disse a mulher.

- Mas eu quero! Faço o favor, sempre, de mostrar tudo o que me mostram e não sei como sou?! Oh!, que destino infeliz!

- Não posso ajudar-te. Não é fácil olhar para ti, espelho. Muitas vezes tu mostras o que não queremos ver. Aquieta-te.

A mulher foi embora. O espelho voltou ao vazio e ao silencio. Não sabia ele que sua identidade existia somente quando um outro o olhava.


   Moral da história: O outro é parte de nós mesmos, e é inteligente saber disso.

[Rachel Gazolla]

Publicada na seção  “Fábulas e histórias” do site www.hypnos.org.br

 

Home      Capa

Ofertas