AddThis Social Bookmark Button

Fábulas & Paradigmas

A Zebra e as Hienas


    Numa bela floresta, andava uma zebra perdida de seu grupo. Era um tanto dispersiva, o listrado quadrúpede, vivia contemplando a paisagem e nem sempre percebia onde estava. Aproveitava para olhar melhor ao redor antes de voltar para casa, bem devagar. Um dia, perdeu a hora e galopou, mas não previra que um grupo de hienas cortasse seu caminho. Por sorte, elas haviam comido e não a matariam – assim supôs -, porém como as hienas são agressivas, cuidou de rumar em outra direção.

    - Ora, zebra, estás com pressa? Fica conosco para brincar! Disseram as hienas rodeando o quadrúpede.

    A zebra pensou que não haveria mal nisso e aceitou brincar. Ficou no centro e as hienas lhe explicaram que deveria dançar ao ritmo de suas risadas. Então, começaram a rir e a zebra a dançar. Tudo parecia bem até o momento em que a zebra ficou cansada e quis parar, mas as hienas riam histericamente e fecharam a roda. A zebra viu olhos brilhantes, bocas abertas e dentes pontiagudos.
Amedrontada, esperava o momento em que pudesse sair por uma abertura eventual no círculo.

    - Zebra - disse a mais feroz das hienas -, estás cansada? E aproximou-se um pouco mais.

    A zebra aproveitou o deslocamento da hiena e, dando coices, conseguiu sair do centro galopando para casa. As hienas agruparam-se chorosas pela caça perdida e foram procurar outra vitima nas redondezas.
Moral da História: Uma vítima natural nunca deve brincar com seus naturais carrascos.

Rachel Gazolla

Visite a seção  “Fábulas e histórias” no site www.hypnos.org.br

Home      Capa

Ofertas