AddThis Social Bookmark Button

Fábulas e paradigmas

O Casal de Periquitos

Sabe-se que os periquitos só vivem em bando e pares. Pois uma periquita vivia com seu periquito sem exigir-lhe nada aparentemente, apesar de o marido trabalhar muito para dar-lhe tudo. Diante das sucessivas negativas da despretensiosa parceira em receber presentes - "de nada precisava!" dizia ela -, o periquito tentava trabalhar menos. Porém, quando chegava cedo em casa trazendo alguns presentes à amada, esta repetia:

- Querido, não precisava... não quero nada, apenas que você não trabalhe muito! É verdade que precisamos de um poleiro novo, sim, mas não te incomodes...

O periquito trabalhava para conseguir o poleiro, e quando o trazia para casa, muito contente, a periquita respondia como sempre:

- Amor, para que tanto esforço? Não precisamos de nada! Talvez algumas sementes novas, mas descanse meu docinho... é o que quero!

Lá ia o periquito buscar as sementes novas e recebia as mesmas frases ao voltar para casa. Um dia, entrou em confusão mental e foi internado com o uso de camisa de força. A periquita percebeu que nada mais poderia desejar, e não vivendo só por natureza, morreu dois dias depois."

 

Moral da história: mensagens duplas, duplos erros.

Rachel Gazolla

Visite a seção  “Fábulas e histórias” no site www.hypnos.org.br

Home      Capa

Ofertas