AddThis Social Bookmark Button

Editorial

FILOSOFIA E EDUCAÇÃO: UMA NECESSIDADE

         O papel da educação na atualidade é fundamental para uma possibilidade de transformação da realidade. O campo filosófico é intrinsecamente ligado aos vários debates que hoje ocorrem no campo educativo, quer seja no aspecto de uma epistemologia ou mesmo de uma perspectiva psicopedagógica. O que é um pouco estranho em nosso país é que ultimamente, mais precisamente nas últimas décadas, o debate esteja centrado na figura de expoentes mais da psicologia do que da própria filosofia da educação. Não podemos negar a influência de Piaget e Vygotsky nesse debate, porém não podemos negar que Piaget – e o interacionismo kantiano – e Vygotsky – com o materialismo dialético de Marx – são fruto de uma episteme com bases sólidas em autores clássicos da filosofia moderna.

         O próprio lema “aprender a aprender”, encerra em si mais do que uma simples relação sujeito-objeto, percebe-se uma necessidade de compreender uma realidade cada vez mais complexa e envolvida em uma tecnologia transformadora de atitudes e paradigmas. O interacionismo e a própria dialética são instrumentos necessários e valiosos como perspectiva de perceber esse real e de dotar de sentido crítico um alunado cada vez mais ansioso por novidades.

         Os pensadores, educadores, estruturados em torno da condição pós-moderna, questionam algumas possibilidades da modernidade, as verdades absolutas, o ideológico sob o prisma do domínio do homem, ou como diziam os filósofos da Escola de Frankfurt, “a não razão na razão”, que não permitem perceber as contradições que envolvem a realidade.

         O mundo das certezas está abalado, existe uma crise, as “verdades”, os destinos preestabelecidos, já não existem e não são defendidos com tanta veemência, os paradigmas inabaláveis da ciência e por que não dizer; do processo educativo, passam por uma rica transformação, não é o ceticismo que sai ganhando com tudo isso, mas sim, a perplexidade do homem, o olhar inquieto da dúvida. O cogito em uma possibilidade pós-industrial, é antes de tudo, revelador de novas mudanças, são novas sínteses e redescrições, que o homem faz de si  e do mundo mutante em que vive.

         Onde está o centro do debate? Ao nosso ver, na filosofia e no  seu aspecto mais fundamental, o pedagógico, não existe obra filosófica que indiretamente ou até mesmo diretamente, não esteja envolvendo o aspecto educativo. Já em 1915, o filosofo americano J. Dewey,  escreveu  na obra Democracia e educação; “As páginas seguintes consistem num esforço para detectar e afirmar as idéias implícitas na sociedade democrática e aplicar estas idéias nos problemas das atividades da educação”.

         O trabalho está centrado em uma idéia cara para educadores e intelectuais em geral: a democracia. Portanto, os filósofos parecem seres muito teimosos por acreditarem nas possibilidades do homem, e principalmente por perceberem que através da mais radical democracia está o sentido educativo da sua matéria, isto é, a filosofia esta cada vez mais inserida no debate das transformações e da realidade.

Agenda

Sábados, às 17 horas

 Palestras gratuitas: Participe!

Cursos livres

Da Mitologia Grega ao Mundo Contemporâneo

 R$40,00/mês

Ética e Justiça: a proposta de Enrique Dussel para libertação

R$40,00/mês

Filosofia da Educação:

 teorias e práticas

R$40,00/mês

As teorias de Galileu diante da Inquisição

R$40,00/mês

Inscrições:

Tel. (13) 3222-1949 (CEFS)

Rua Júlio Conceição, 206,

V. Mathias, Santos/SP

=========================

Expediente

Jornal Paradigmas, uma publicação do CEFS – Centro de Estudos Filosóficos de Santos

O CEFS é uma entidade sem fins lucrativos, que tem como objetivo fundamental levar a Filosofia a toda a sociedade, sem qualquer discriminação, contribuindo, assim, com a formação da consciência crítica do cidadão e propiciando-lhe, por conseguinte, melhor reflexão e atuação diante da realidade de que faz parte.

Presidente

Luiz Meirelles

Vice-Presidente

Ronaldo Ronil da Silva Jr.

Conselho Editorial

Cristiane Guapo / José Sobreira Barros Jr 

Luiz Meirelles

 Jornalista Responsável

Beth Capelache

Mtb.: 2.383.802

 Os artigos assinados não refletem, necessariamente, a opinião do CEFS.

 CEFS

Rua Júlio Conceição, 206

 Cep 11015-540 Santos/SP

Telefone: (13) 3222-1949

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 Impressão

Gráfica Guarani

Rua Bittencourt,  Santos/SP

Dicas

 

Leitura:

Carta Sobre a Felicidade / Epicuro / Unesp.  Esse livro traça a estrutura do epicurismo. A carta versa sobre a conduta humana e faz uma exortação à filosofia como disciplina cuja meta é tornar feliz o homem que a pratica.

Internet:  

http://www.hypnos.org.br/

Este é o site institucional da revista Hypnos, no qual o internauta encontra referências sobre a revista, publicações, cursos, leituras, fórum  e artigos da área de filosofia e conexas.

Filme:

LÁGRIMAS DO SOL

Bruce Willis é A. K. Waters, indicado para resgatar uma médica nas selvas da Nigéria, durante guerra civil naquele país. Ao encontrá-la, é supreendido pela exigência dela, que só sai do lugar se ele e sua equipe levarem junto 70 refugiados. Direção de Antoine Fuqua.

Home      Capa

  • leiamais
AddThis Social Bookmark Button

Expediente

 

Filosofia, Realidade & Arte

Ano XII - n. 39

ISSN 1980 - 4342

Janeiro/fevereiro - 2012

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Expediente

Revista Paradigmas

Filosofia, Realidade & Arte

Ano XIII - n. 41

ISSN 1980 - 4342

março/abril – 2014

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Entrevista

Com Renato Nunes Bittencourt,

Doutor em Filosofia - UFRJ.
Especialista em Filosofia Grega Antiga, Espinosa, Schopenhauer,
Nietzsche, Marx, teoria psicanalítica e temas relacionados a
teoria da comunicação, comunicação corporativa, Moda
Consumo e crítica da cultura contemporânea

Colaboração:

Wellington Lima Amorim

 

1. Partindo do pressuposto de que o conceito de Pós-modernidade expressa um período de transição entre a Modernidade e um futuro ainda por ser construído, pode-se afirmar que a contemporaneidade é marcada pela desconstrução dos valores do sujeito e o aparecimento do conceito de pessoa, como recusa do assujeitamento do sujeito moderno?

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

As raízes histórico-filosóficas da alegoria 

 

Julio Cesar Moreira

Mestrando em Filosofia pela PUC-SP

Este artigo é a primeira parte de um estudo tem por objetivo realizar um levantamento no estudo do tema da interpretação alegórica nas doutrinas da escola Neoplatônica. Ao estudarmos o Neoplatonismo é claramente apreensível o quão fundamental e intrínseco ao pensamento Neoplatônico é o componente da exegese alegórica, porém este tema não se tem a devida atenção no meio acadêmico.

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

A viagem suicida pós-moderna

A solidão como saída

Mateus Ramos Cardoso

Especialista em Ética pela Finon

                  Nosso modo de viver moderno é caracterizado pelo desenvolvimento cada vez mais rápido no qual a tecnologia a cada dia supera a si mesma. 

Leia mais...