Revista Paradigmas. Edição 01

AddThis Social Bookmark Button

 Filosofia: Proposta e Resposta ao Jovem Contemporâneo

 

O filosofar é o Homem no exercício do pensar, levantando dúvidas, ofertando propostas e soluções. É uma via em busca do conhecimento verdadeiro e de respostas satisfatórias aos nossos mais profundos questionamentos; repleta de demolições e construções, acertos e enganos, admiração e descoberta. A própria reflexão filosófica nos convida e impulsiona a efetuar os resultados de nosso pensamento, portanto, vivemos numa sociedade e devemos fazer bom uso da nossa riqueza interior, dos instrumentos ao nosso alcance e dos nossos talentos, para reconstruí-la cotidianamente, cientes e sequiosos por uma maneira de ser e atuar na “pólis” cada vez mais preocupada com o outro, com o bem-comum e com as conseqüências da nossa maneira de agir e mesmo com o preço a pagar pelas nossas próprias omissões. Todo pensador cumpre uma função específica de discernimento, de desvelamento do espírito de sua época. Faz a história a partir das circunstâncias dadas pelo presente e herdadas do passado.

No tempo presente, tornou-se um fato cotidiamente passível de testemunho o lamento (desprezo até) das novas gerações em relação aos mais diversos aspectos das suas relações com o estudo, a comunidade escolar, a célula familiar, a educação em si, e outros tantos valores essenciais. Certamente, ecoa do coração destes jovens - por meio da crítica ferrenha e do desabafo repleto de dor - um grito desesperado que quer ser a manifestação de um alerta à sociedade, abrangendo desde a mais alta hierarquia até o professor no contato direto com o aluno, desde os pais até as pessoas de convívio cotidiano.

O jovem deseja com ardor novos rumos; ele tem sede de soluções - respostas confiáveis - às suas mais profundas, respeitáveis e autênticas necessidades. A juventude jamais deve implicar numa experiência de imobilidade, como um estado improdutivo de tibieza. Para este momento crucial das novas gerações, é precisa alertar para a necessidade de uma conduta especial expressa na própria vida, numa sequiosa busca de sentido, descoberta de valores essenciais do espírito e um olhar que perscrute com firmeza a realidade da sociedade: a conduta do Amor.

Possa a juventude contemporânea, sem medo de Conhecer e admirar-se com tal conhecimento, dizer em uníssono com Agostinho de Hipona: “o conhecimento é como um andaime que ajuda a construir o edifício do amor e da sabedoria, edifício que durará para sempre, inclusive quando o conhecimento for esquecido” (In: Epistolae 55, 21-39).

Prof. Ronaldo Ronil

Licenciado em Filosofia – Unisantos

Mestrando em Filosofia – USP/SP

 

 

 

  • leiamais
AddThis Social Bookmark Button

AS CONCEPÇÕES EDUCACIONAIS EM VYGOTSKY E FOUCAULT

PAULO DIAS GOMES

Filósofo, Teológo, Doutor em Ciências da Religião e Especialista em Docência do Ensino Superior e em Educação à Distância.

Professor titular da Cadeira de Fenomenologia e Existencialismo, Lógica e Metafísica da Faculdade Phênix de Ciências Humanas e Sociais do Brasil

 

Lev Semionovitch Vygotsky Nasceu em 17 de Novembro de 1896 na cidade Orsha – Moscou. Pensador importante, foi pioneiro na noção de que o desenvolvimento intelectual das crianças ocorre em função das interações sociais (e condições de vida).

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Nietzsche:  transmutação do espírito, lidar com a história  

 

Tiago Pinto dos Santos

Estudante do 6º semestre de Filosofia - UNISANTOS

 

Nietzsche destaca-se na história do pensamento por ser um homem que grita sozinho e destoa no meio de uma multidão que canta em uníssono. Sua voz é estrondosa e provoca rupturas nas paredes que a cercam – as paredes da tradição. É o melhor dos mundos possíveis este no qual habitamos? É o movimento da história bom e perfeito como um deus, diante do qual nós deveríamos

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Filosofia com Pipoca

Muita bola e um pingo de filosofia

Edson Pipoca

blogdopipoca.wordpress.com


Nós brasileiros somos muito sortudos: Deus é brasileiro, em fevereiro tem carnaval e nossas negas chamadas Teresas, Marias e etc são as mais sexies do mundo.

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Filosofia com Pipoca

Filosofar pra quê?

Edson Pipoca

blogdopipoca.wordpress.com

 

 As pessoas dizem: “Filosofia é muito chata!” E é mesmo! Daqui imagino 10 coisas legais que poderíamos fazer em lugar de Filosofar. Ficar no facebook postando filosofia de beira de estrada; arrumar uma gata e... bem ... e ter filhos... e pagar pensão, e... ficar filosofando sobre e se eu tivesse usado camisinha? Bem, talvez não sejam 10, mas o troço é de pirar o cabeção mesmo. 

Leia mais...
AddThis Social Bookmark Button

Entrevista

Alexandre Rojas de Lima sobre a Psicoestratégia

Colaboração

Luiz Meirelles

1- A Psicologia, até o seculo XIX, era uma disciplina da Filosofia. No século XX, ganhou corpo próprio e até um certo afastamento. Atualmente, é notório entre os profissionais da Psicologia a busca da fundamentação filosófica. Em sua prática profissional você considera as várias correntes filosóficas ou se alia a alguma específica?

Leia mais...

Ofertas